sexta-feira, 1 de maio de 2015

Os Meios de Comunicação e a Democracia



I CICLO DE DEBATES SOBRE OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E A DEMOCRACIA
Acontecerá durante a edição comemorativa do vigésimo Seminário de Pesquisa do CCSA: Construindo saberes para a promoção do desenvolvimento e da democracia


Período: 05 e 07 de maio de 2015


                                                          
COORDENADOR DOS DEBATES: Sylvana Kelly Marques da Silva
Doutoranda e Bolsista Capes pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da UFRN. Colaboradora da Base de Pesquisa Festas Religiosas, Turismo e Políticas Públicas UFRN/PPGCS e do Núcleo de Estudos Urbanos da Universidade Caxias do Sul. Atualmente é Professora Formadora na disciplina de Novas Tecnologias da Informação e Comunicação no Mestrado Profissional em Educação e Multidisciplinaridade/IESN. Tem estudos nos temas de história; configurações e identidades espaciais; turismo; fotografias; paisagem; competitividade, gestão e estratégia de marketing e; desenvolvimento regional/local.

Departamento:
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais – PPGCS/UFRN

Abrirá o evento localizando as principais transformações temporais e espaciais ocorridas com o advento das tecnologias a partir do evento da modernidade, destacando o contexto histórico e teórico em que se desdobrarão as palestras dos professores ministrantes.

E-mail: sylvanakelly@gmail.com
  

 1ºDEBATE: 
AS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO, O PODER E A DEMOCRACIA
DATA: 05 de maio, terça-feira, de 09 e 30 ás 11 e 30. 
LOCAL: AUDITÓRIO DO NÚCLEO DE PRÁTICAS JURÍDICAS – CCSA/UFRN

DEBATEDORES:

HOMERO DE OLIVEIRA COSTA: UFRN /TITULAR
Doutor em Ciências Sociais/Política pela PUC-SP. Professor Titular do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN. Pesquisador do CNPQ com pesquisas no campo de partidos políticos, sistemas eleitorais, reforma política e financiamento de campanhas. Coordenador do Grupo de Pesquisa Teoria Política, Democracia e Estado.

Tema - A Mídia Partidarizada:
Abordará de modo crítico a relação entre as mídias, o poder, a política e a democracia, além de pontuar aspectos relevantes das principais pesquisas que tem sido desenvolvida sobre a temática no campo da comunicação e das ciências sociais.


ANTONINO CONDORELLI: UFRN/ PROFESSOR-DECOM
Doutorando em Ciências Sociais pela UFRN. Graduado em Ciências da Comunicação pela Università degli Studi di Siena, Itália. Professor substituto do Departamento de Comunicação Social da UFRN. Implantou e coordenou o Curso de Especialização Estratégias de Comunicação em Mídias Sociais da Universidade Estácio de Sá/Ponta Negra e foi coordenador do Curso de Graduação em Publicidade e Propaganda da mesma instituição. Têm estudos nas áreas de comunicação digital e cibercultura, biopolítica e produção de subjetividades, diálogo entre saberes científicos e não científicos, semiótica e epistemologia da complexidade. Produtor cultural e coordenador dos projetos Diálogos Criativos.

Tema - Micropolíticas Alternativas nas Redes Digitais
Destacará a configuração das interações digitais como um campo político com possibilidade de promoção das sociabilidades coletivas e subjetividades, para além da lógica dominante, no acesso digital e seus recursos.
 
 2ºDEBATE:
MÍDIAS, PODER E SOCIEDADE: PRODUÇÕES “IDEOLÓGICAS”?
DATA: 07 de maio, quinta-feira, de 15 e 30 ás 17 e 30.
LOCAL: AUDITÓRIO DO NEPSA - CCSA/UFRN  SETOR V - (GOIABINHA)

Dr. DURVAL MUNIZ DE ALBUQUERQUE JÚNIOR: UFRN-TITULAR
Doutor em História pela UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas. Possui graduação em Licenciatura Plena em História pela Universidade Estadual da Paraíba e mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é colaborador da Universidade Federal de Pernambuco, da Estadual de Campinas e professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Tema: As mídias familiares e oligárquicas no Brasil: O que querem e o que podem?
Dialogará sobre o jornalismo que se faz hoje no Brasil, chamando a atenção para os aspectos culturais, o poder e as representações midiáticas. Buscará principalmente, pensar as influências de determinados setores da mídia em suas dimensões políticas e simbólicas, articulando noções como as de poder, representação e discursos na produção de fronteiras que atende à visão colonizada de um grupo que despreza a pluralidade do seu próprio país, em meio a idiossincrasias individuais, estimulando mensagens que investem no confronto e na violência, ao invés se propor a uma visão tolerante das diferenças.

Dr. GILMAR SANTANA:UFRN - ADJUNTO
Doutor em Sociologia pela USP. Professor Adjunto do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFRN (Campus Natal), editor-chefe da Revista CRONOS (PPGCS/UFRN), coordenador do curso de especialização em Sociologia (EaD - SEDIS/RN), coordenador do Cine-Tirésias e pesquisador do CNPQ. Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão que articulam de maneira interdisciplinar as áreas da Cultura, Imagem, Cinema, Documentário, Teatro do Oprimido, Memória, Cotidiano e Movimentos Populares de Cultura.

Tema - Mídia e Ideologia:
Uma análise crítica da mídia. Argumentará sobre como a mídia e a ideologia se manifestam na cultura produzida atualmente, com vistas a iluminar a dinâmica social da realidade aonde estas se produzem. As mídias enquanto produção cultural, majoritariamente, carregam em si categorias e elementos ideológicos, mesmo mostrando-se como isentas de interesses. Portadoras de valores próprios oriundos de suas trajetórias e propostas para agir na sociedade, devem ser analisadas internamente, pois ao compreendê-las pode-se evidenciar, na crítica resultante, as possibilidades de diálogo com outras teorias e vislumbrá-las como ferramentas pertinentes para a prática acadêmica e social atual.

0 comentários:

Postar um comentário